França pune empresas que não respeitam a igualdade
 
30Mar

França pune empresas que não respeitam a igualdade

296 Visualizações
Claudio Herique

 

O Ministério de Assuntos Sociais da França anunciou no final da semana passada a notificação de cerca de 1.500 empresas que não cumpriram suas obrigações em termos de igualdade entre homens e mulheres. Outras 48 instituições foram efetivamente multadas.
 
A França colocou em prática suas ações para garantir a igualdade em 2012, quando o governo começou a negociar acordos e cobrar planos de ação no sentido de avançar na igualdade, sob pena de sanções financeiras que podem chegar a 1% da folha salarial da empresa. Cerca de 67% das empresas com mais de 1.000 empregados já foram cobertas pela atuação do governo francês. Além da possibilidade de multa, as empresas irregulares perdem o direito de participar de qualquer licitação pública.
 
De acordo com a Ministra de Assuntos Sociais, Marisol Touraine, a atuação governamental já produziu resultados concretos. “As diferenças salariais entre homens e mulheres diminuem mais rapidamente na França (de 16,9% em 2008 a 15,2% em 2013) do que na média da Europa (de 17,3% para 16,4%). Além disso, a meta de pelo menos 30% de mulheres nos conselhos de administração das grandes empresas foi ultrapassada em três pontos percentuais em 2014”, afirmou a ministra.


Comentários