Perfil
Como tudo começou

Conheça a história do Claudio o "Macho do Século 21"

Claudio Henrique dos Santos é jornalista, escritor e palestrante e mantém desde o final de 2013 o blog “Macho do Século 21” (www.machodoseculo21.com.br), baseado no livro autobiográfico “Macho do Século XXI – O executivo que virou dono de casa. E acabou gostando”, lançado também em 2013. Seu blog é focado nos temas relacionados ao livro, em especial a igualdade entre os gêneros.

Jornalista formado pela Faculdade de Comunicação Cásper Líbero, em São Paulo, desenvolveu a maior parte da sua carreira profissional nas áreas de Comunicação e Assuntos Corporativos, principalmente na indústria automobilística.

Iniciou como estagiário da Rádio Gazeta, de São Paulo, em 1991, de onde saiu para um estágio na assessoria de imprensa da Autolatina (joint venture entre Ford e VW na década de 90), sendo efetivado como assessor de imprensa pela Volkswagen em 1994.

No ano seguinte, foi contratado como gerente executivo de contas da WN&P Comunicação, onde permaneceu até 1997, atendendo clientes como ABRA (Assocação Brasileira do Amianto), CBPO, Eternit e Chrysler do Brasil. Trabalhou entre 1997 e 2000 exclusivamente como assessor de imprensa da Chrysler até ser contratado como gerente de imprensa da Renault do Brasil, em 2000.

Ainda na Renault, ocupou as funções de Gerente Executivo de Comunicação e depois como Gerente Executivo de Relações Institucionais, onde foi responsável pelas ações corporativas da marca. Em 2009, aventurou-se a iniciar um negócio próprio, uma loja de vinhos, onde permaneceu até o final de 2010, quando foi morar em Cingapura, acompanhando um convite profissional recebido por sua esposa.

Desde então, assumiu a tarefa de cuidar da casa e da sua filha Luiza, atualmente com oito anos de idade, e de “assistente executivo” da esposa, que passa um bom tempo viajando pelo mundo. Morando atualmente nos Estados Unidos, em 2013 resolveu encarar o desafio de voltar a escrever e de fazer palestras no Brasil, atividades que exerce “nas horas vagas como dono de casa”, afirma com bom humor.